Tudo o que você precisa saber sobre Anticoncepcionais


Bom, eu decidi escrever sobre isso porque eu estou ABISMADA com a quantidade de adolescentes e crianças que estão ficando grávidas. Parece epidemia. E quando eu achei que iria parar o trem alastrou mais ainda.

Atualmente sexo não é mais tabu pra ninguém, e se ainda for é só pra os seus pais antiquados que ainda acham que sexo é um bicho de sete cabeças e que a palavra só deve ser usada depois que você fizer uns 20 anos ou se casar.
Se você ta afim de começar a fazer sexo, ou já faz mas tá achando que a camisinha pode ser um problema TOMA VERGONHA NESSA SUA CARA PORQUE TEM QUE USAR, mas se não der; Anticoncepcional é uma maravilha, mas SÓ FUNCIONA SE VOCÊ NÃO QUER TER UM FILHO, UM BÊBE, UMA CRIANCINHA, UM DIABINHO, a pílula NÃO previne contra DOENÇAS; então se for fazer sexo com meio mundo, a CAMISINHA tem que ser sua fiel companheira.



Se você tem vida sexual ativa e ainda não foi ao Ginecologista, está perdendo tempo. É importante conversar com um profissional e ver se ta tudo certinho.
Se você não tem vida sexual, PODE IR TAMBÉM; bom que você já pega umas diquinhas com a médica antes mesmo de iniciar a sua.
Se você quer começar a tomar o anticoncepcional, aqui vão algumas dicas:

Existem atualmente no mercado 61265874646 tipos de métodos anticoncepcionais. e NENHUM repito NENHUM é 100% confiável, vou falar de alguns


Pílula anticoncepcional

Criada exclusivamente para você não ter filhinhos, A pílula anticoncepcional contém dois hormônios que são a progesterona e o estrógeno, eles atuam inibindo a ovulação ou controlando-a e consequentemente a gravidez. A pílula pode ser um ciclo de 24 dias, ou de 21 dias ou até de 30 dias (que você não menstrua nunca).
No início do uso da pílula podem acontecer de algumas mulheres terem alguns sintomas como náuseas, dor de cabeça, dor nos seios, sangramentos vaginais irregulares, depressão, que depois some.
A pílula pode ser usada também no tratamento da síndrome de ovários policísticos, endometriose, acne, cólicas e distúrbios da menstruação, tais como tensão pré-menstrual e cólica menstrual. 
Então se não quer falar pro seu papai que você tem vida sexual e quer tomar pílula, diga que tem cólicas muito fortes, ou muita TPM, a médica pode ate te acobertar.

Injeção Anticoncepcional

Funciona basicamente como a pílula, o negócio é que essa você toma uma por mês, na bunda ou em alguns tipos uma a cada 3 meses, aplicada pelo seu médico; como consequência também não menstrua nunca, e tem a mesma eficácia do de uso oral.
apenas 1 a cada 1000 mulheres não tem efeito com a injeção, por isso tem que ter acompanhamento médico.
A amiga da minha mãe usa tem anos, quando ela quis engravidar, não tomou um mês e engravidou de boa. Depois, voltou a tomar.

Adesivo anticoncepcional 

O adesivo anticoncepcional contém os mesmos hormônios que a maioria das pílulas anticoncepcionais e deve ser colado na pele, permanecendo nessa posição durante uma semana.
A maior vantagem é que a mulher não precisará tomar a pílula todo dia. 
Para iniciar o tratamento, o adesivo deve ser colocado no primeiro dia da menstruação.
Esse adesivo deve ser colado e permanecer na pele por uma semana. A cada três semanas deve-se fazer uma pausa de uma semana.


Implante Anticoncepcional

Muito simples, é um implante, colocado em baixo da pele, que contém doses de hormônios que vão sendo liberadas bem lentamente. Em algumas pessoas coloca-se uma capsula, em outros casos 5 cápsulas.
Elas podem durar de 1 a 5 anos é altamente confiável, mas deve ser feita com o auxilio médico correto.
Minha professora de fisica tem. Ela disse que quando quis engravidar, tirou, esperou um tempo e teve sua filhinha linda. agora ela tem de novo.


LEMBRE-SE
Antes de decidir tomar qualquer remédio, vá ao ginecologista, faça a bateria de exames, tire suas dúvidas.
E faça tudo certinho, pra não dar nada errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá bigodito, dê sua opinião sobre o post, são os seus comentários que enriquecem o blog. :3